Quem sou eu

Minha foto

A Escola de Artes Mágikas e Divinatórias, funciona desde 1984, administrando cursos de Introdução à religião Wicca, Ocultismo, Paganismo, Runas, Cristais,Tarot, Baralho Lenormand (Cigano), Baralhos Espanhol, Dados, Magia Cigana, Introdução à Cabala, Introdução à Magia de Pós e Ervas; Perfumes e Unguentos, Feitiçaria Moderna.

sexta-feira, 24 de julho de 2015

DEUSES QUE ANTECEDERAM IAHWEH (Por Isabela- Aluna da EAM)


Deuses que antecederam a Iahweh (Por Isabela- Aluna da EAM)

Quase nunca perguntamos sobre a origem mitológica de Iahweh. Ficamos já condicionados a acreditar naquele dogma que o Deus existe e acabou e só consideramos mitologia os outros Deuses.
Aí vai um breve relato sobre a origem de desse deus judaico cristão.
Antes da formação do povo judeu, Israel era habitada por tribos nômade, cada uma cultuando seus deuses e deusas, ou seja, havia o politeísmo.

Período Matriarcal: aonde todos acreditavam na DEUSA- MÃE. A mulher era sagrada.
Com o conhecimento de sua força muscular a criação de filhos e a vida se tornando sedentária, o patriarcado foi triunfando e a mulher desvalorizada, consequentemente esqueceram e a força masculina a vigorar, começando o patriarcado.
Então...:

• El - o Pai Celestial (semelhante a Cronus) - criador do universo e tudo que o compõe. Um deus idoso e bondoso e pai do panteão israelita.

• Asherah - consorte e esposa (associada a sabedoria) - Era também chamada de Ishtar ou Astarte, e considerada uma divindade poderosa e maternal. Era representada como uma árvore sagrada; e a relatos Dela ser a Deusa do mar.

• Baal - um deus guerreiro (equivale a zeus, descrito como Hércules, e outros mitos gregos) - Era adorado principalmente em Canaã e Fenícia e considerado deus do sol, da tempestade e da fertilidade humana. Era um Deus justo, porém, cruel nos castigos. Possui uma grande adaptabilidade, e cultuado em cada traço de sua personalidade.

Estudos indicam que Yahweh se tornou uma junção desses 3 deuses principais.  Na verdade ele era um deus menor, de origem desérticas.

A instalação do monoteísmo foi  violento, destruindo e demonizando tudo que não tinha relação com o deus único. Como em todas as guerras, retiram o deus e colocam outro como mais poderoso. E reafirmando o patriarcado retiram ASHERAH.

O fim do culto a Asherah foi muito sentido pelas mulheres, pois perdeu-se a representação do sagrado feminino na religião. E marcou pelo início do patriarcado. Atualmente o resgate aos Deuses Antigos está retornando, regatando a SACRALIDADE FEMININA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TURMAS DE FORMAÇÃO DE BRUXAS ECLÉTICAS 2018