zingarawitch@gmail.com

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

PROGRAMAÇÃO DE MARÇO DE 2017

  RETORNO AS AULAS - MARÇO- 2017






DIA 6- (SEGUNDA-FEIRA) RETORNO AS AULAS DE BRUXARIA ECLÉTICA- TURMA NÍVEL 2

DIA 7 -  (TERÇA-FEIRA) RETORNO AS AULAS DE TAROT - TURMA NÍVEL 2

DIA 18- (SÁBADO) INÍCIO DA AULA  DE BRUXARIA ECLÉTICA TURMA NÍVEL I

DIA 19 (DOMINGO) INÍCIO DO CURSO SOBRE A RELIGIÃO WICCA AS 16

 SEJAM BEM VINDOS!








AFRODITE- DEUSA DO AMOR- FEVEREIRO

                                                                       AFRODITE

Abençoados sejamos neste mês de Fevereiro de 2017. É o mês da Deusa Afrodite. Deusa grega que ainda e sempre existirá no planeta e no universo. Nascida na ilha de Chipre, após Cronos cortar os órgãos de Urano (seu pai) e jogá-los ao mar. Formou-se uma grande espuma e daí houve a fecundação surgindo a esplendorosa Deusa Afrodite. 
Ela casou-se com Hefestos, Deus da Metalurgia e da Tecnologia, porém amava o Deus Ares, Senhor da guerra.Por ser a mais bela, foi e é muito desejada. Teve muitos filhos, com deus Ares: Eros, Anteros, Deimos, Fobos, Harmonia, Adrestia, Himeros e Pothos.
Com Hermes, o Deus mensageiro e patrono da oratória, o Deus Hermafrodito (mistura dos nomes dos pais), que tinha como características, além da beleza dos pais, os órgãos sexuais de ambos os genêros.
Com o deus Apolo teve o filho Himeneu (Deus do casamento), e com Dionísio o deus do prazer, das festas e do vinho, teve o filho Príapo, o Deus da fertilidade, que tem um enorme falo.
Afrodite gerou também um filho do mortal Anquises, que foi chamado de Enéias, e que foi um herói da Guerra de Tróia.
Além desses, seduziu mortais como Adónis, Faetonte e Cíniras.
Afrodite também tem o aspecto Mãe. Ela também tem esse Amor que faz gerar. Sem o Amor de Afrodite, as plantas não gerariam, os animais e os humanos. Não vivemos sem esse Amor. Não é o amor universal de Eros, mas o amor que une os seres e faz gerar.
Abençoada seja, a Deusa Afrodite! Ela existe e cultuada deve ser.
Blessed Be!

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

ALGUNS TERMOS UTILIZADOS DENTRO DO MISTICISMO

ALGUNS TERMOS UTILIZADOS DENTRO DO MISTICISMO / ESOTERISMO / MAGIA / BRUXARIA

AURA: Energia emanada pela própria pessoa irradiando um campo de proteção variável com a sua força.
ARQUÉTIPO: O padrão, ou idéia, básico no inconsciente coletivo, do qual todas as coisas que pertencem à mesma classe são representações.
ADEPTO: Aquela ou aquele que se filiou a alguma religião ou a alguma seita ou caminho.
AVATAR: Divindade encarnada em forma humana, como Buda; Jesus; Arádia; Krisna.
ARCANO/ARCANA: Misterioso; secreto; oculto, enigmático. Palavra latina arcanus . Geralmente utilizado pelos Iniciados aos mistérios da Arte. Também utilizado nas lâminas do Tarot.
BIOMAGNÉTICA: Energia viva; “O Biomagnetismo médico é um sistema terapêutico desenvolvido pelo Dr. Isaac Goiz Duran, em 1988. O método consiste no uso de imãs poderosos para combater parasitas, bactérias, fungos, vírus e outros germes que causam várias doenças. O sistema consiste no reconhecimento de pontos de energia alterada no corpo que, juntos, causam a doença humana. Este reconhecimento é feito com ímãs passivos (não-eletrificados ou conectados a máquinas eletrônicas), que se aplicam em diferentes áreas do corpo, que chamamos de rastreio Biomagnético.
CORPO ASTRAL: Correspondência de um corpo vivo em energia física.
ESCUDAMENTO: Quando pessoas utilizam escudos mágicos protetores; podem ser de nível físico ou mental.
ESOTÉRICO: Escondido; oculto.
EXOTERISMO: Externo; explícito.
ENTIDADE: Um ser, espírito, criatura viva ou personificação consciente.
ESPECTRO: Um corpo astral projetado.
INICIAÇÃO: Uma experiência ritual de transformação que introduz uma pessoa a uma nova realidade. Um RITO DE PASSAGEM para uma sociedade mística ou religião.
PROFANO: O que não contém nenhuma essência sagrada.
MANA E BIOPLASMA: Os termos são iguais. Poder pessoal; energia psíquica, força interior de uma pessoa.
MACROCOSMOS E MICROCOSMOS: Macro: O Universo ao nosso redor. Micro: Geralmente visto como o ser humano em comparação com o universo, porém menor.
MÍSTICO: Aquele que busca a essência espiritual; que procura o caminho da magia.
PARANORMAL: Além dos padrões da “normalidade” se tornando sobrenatural. A sociedade científica não consegue esclarecer.
SAGRADO: O que contém uma essência divina ou assim considera.
TOTÉM: Símbolo ancestral de uma pessoa ou grupo. Pode ser representado em figura de animal ou ser fantástico.
VIAGEM ASTRAL, DESDOBRAMENTO OU PROJEÇÃO ASTRAL: Quando saímos do corpo e viajamos entre os mundos. Muitas vezes estamos acompanhados ou não. Quase sempre levamos na nossa mente o nosso corpo físico atual.
WICCA: Religião voltada pra o sacerdócio, focada na Deusa e no Deus. De origem xamânica, fundada por Gerald Gardner. É ligada aos elementos da natureza; ecológica, seguindo os ciclos sazonais, chamados de Roda do Ano, os Sabás; também ao culto a Lua Cheia, os Esbás.

BRUXARIA ECLÉTICA OU TRADICIONAL: Não é uma religião e pode trabalhar com várias vertentes. Adeptos também à magia popular e as demais.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

HERA, a Deusa Rainha - Janeiro de 2017



Felizmente as festas de final de ano, encerraram, principalmente em um país em crise como o Brasil.
Mas como uma boa pagã e wiccana, celebrei a DEUSA HERA que o mês de JANEIRO é Dela. Foi uma celebração da TAP- Tradição Athena Pronaia em parceria com a EAM. Isto fortalece a Antiga Religião, pois os que são estudantes de Bruxaria Eclética e Ocultismo, conhece e prestigia esta Deusa tão poderosa com seus epítetos. São eles: Agreie (de Argos), Akraia (das Alturas), Boophis (Olho de Vaca), Gamelia (do Casamento), Khera (a Viúva), Lakinia, Leukolenos (Armada de Branco), Limenia, Nympheuomene (Conduzida como Noiva), Pais (Donzela), Parthenos (Virgem), Teleia (Realizadora), Zygia (A que Une).

Cada epíteto é uma força da Deusa e podemos nos aliar à Ela com cada um deles. Suas ofertas são: 
Pena de pavão, cetro, coroa, alianças.
Ervas aromáticas; salgueiro, penas de pavão, papoula, safira
 estrela, mirra, almiscareiro, casadinhos, bolo de casamento.
Vaca, cuco, pavão.
Suas cores: Dourado, Branco e Prateado.

Esta é a Deusa Hera Patriarcal. Mas antes de patriarcado, a Deusa Hera, não tinha uma contraparte masculina, o poderoso Deus Zeus. Ela era dona da Lábrys ( machado com fios duplos), dos raios, ventos e trovões e não era ciumenta. Porém, depois a colocaram como ciumenta e possessiva. 
Sendo assim, a TAP/ EAM reconsidera e celebra a Deusa nesta face e na mais antiga. Celebramos a face mais recente, porém citamos a Deusa em Sua origem. O importante é que Ela existe e É a DEUSA, isso é o que importa! Feliz 2017 da Era Comum!
SS Alana Morgana