Quem sou eu

Minha foto

A Escola de Artes Mágikas e Divinatórias, funciona desde 1984, administrando cursos de Introdução à religião Wicca, Ocultismo, Paganismo, Runas, Cristais,Tarot, Baralho Lenormand (Cigano), Baralhos Espanhol, Dados, Magia Cigana, Introdução à Cabala, Introdução à Magia de Pós e Ervas; Perfumes e Unguentos, Feitiçaria Moderna.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

ALGUNS TERMOS UTILIZADOS DENTRO DO MISTICISMO

ALGUNS TERMOS UTILIZADOS DENTRO DO MISTICISMO / ESOTERISMO / MAGIA / BRUXARIA

AURA: Energia emanada pela própria pessoa irradiando um campo de proteção variável com a sua força.
ARQUÉTIPO: O padrão, ou idéia, básico no inconsciente coletivo, do qual todas as coisas que pertencem à mesma classe são representações.
ADEPTO: Aquela ou aquele que se filiou a alguma religião ou a alguma seita ou caminho.
AVATAR: Divindade encarnada em forma humana, como Buda; Jesus; Arádia; Krisna.
ARCANO/ARCANA: Misterioso; secreto; oculto, enigmático. Palavra latina arcanus . Geralmente utilizado pelos Iniciados aos mistérios da Arte. Também utilizado nas lâminas do Tarot.
BIOMAGNÉTICA: Energia viva; “O Biomagnetismo médico é um sistema terapêutico desenvolvido pelo Dr. Isaac Goiz Duran, em 1988. O método consiste no uso de imãs poderosos para combater parasitas, bactérias, fungos, vírus e outros germes que causam várias doenças. O sistema consiste no reconhecimento de pontos de energia alterada no corpo que, juntos, causam a doença humana. Este reconhecimento é feito com ímãs passivos (não-eletrificados ou conectados a máquinas eletrônicas), que se aplicam em diferentes áreas do corpo, que chamamos de rastreio Biomagnético.
CORPO ASTRAL: Correspondência de um corpo vivo em energia física.
ESCUDAMENTO: Quando pessoas utilizam escudos mágicos protetores; podem ser de nível físico ou mental.
ESOTÉRICO: Escondido; oculto.
EXOTERISMO: Externo; explícito.
ENTIDADE: Um ser, espírito, criatura viva ou personificação consciente.
ESPECTRO: Um corpo astral projetado.
INICIAÇÃO: Uma experiência ritual de transformação que introduz uma pessoa a uma nova realidade. Um RITO DE PASSAGEM para uma sociedade mística ou religião.
PROFANO: O que não contém nenhuma essência sagrada.
MANA E BIOPLASMA: Os termos são iguais. Poder pessoal; energia psíquica, força interior de uma pessoa.
MACROCOSMOS E MICROCOSMOS: Macro: O Universo ao nosso redor. Micro: Geralmente visto como o ser humano em comparação com o universo, porém menor.
MÍSTICO: Aquele que busca a essência espiritual; que procura o caminho da magia.
PARANORMAL: Além dos padrões da “normalidade” se tornando sobrenatural. A sociedade científica não consegue esclarecer.
SAGRADO: O que contém uma essência divina ou assim considera.
TOTÉM: Símbolo ancestral de uma pessoa ou grupo. Pode ser representado em figura de animal ou ser fantástico.
VIAGEM ASTRAL, DESDOBRAMENTO OU PROJEÇÃO ASTRAL: Quando saímos do corpo e viajamos entre os mundos. Muitas vezes estamos acompanhados ou não. Quase sempre levamos na nossa mente o nosso corpo físico atual.
WICCA: Religião voltada pra o sacerdócio, focada na Deusa e no Deus. De origem xamânica, fundada por Gerald Gardner. É ligada aos elementos da natureza; ecológica, seguindo os ciclos sazonais, chamados de Roda do Ano, os Sabás; também ao culto a Lua Cheia, os Esbás.

BRUXARIA ECLÉTICA OU TRADICIONAL: Não é uma religião e pode trabalhar com várias vertentes. Adeptos também à magia popular e as demais.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

HERA, a Deusa Rainha - Janeiro de 2017



Felizmente as festas de final de ano, encerraram, principalmente em um país em crise como o Brasil.
Mas como uma boa pagã e wiccana, celebrei a DEUSA HERA que o mês de JANEIRO é Dela. Foi uma celebração da TAP- Tradição Athena Pronaia em parceria com a EAM. Isto fortalece a Antiga Religião, pois os que são estudantes de Bruxaria Eclética e Ocultismo, conhece e prestigia esta Deusa tão poderosa com seus epítetos. São eles: Agreie (de Argos), Akraia (das Alturas), Boophis (Olho de Vaca), Gamelia (do Casamento), Khera (a Viúva), Lakinia, Leukolenos (Armada de Branco), Limenia, Nympheuomene (Conduzida como Noiva), Pais (Donzela), Parthenos (Virgem), Teleia (Realizadora), Zygia (A que Une).

Cada epíteto é uma força da Deusa e podemos nos aliar à Ela com cada um deles. Suas ofertas são: 
Pena de pavão, cetro, coroa, alianças.
Ervas aromáticas; salgueiro, penas de pavão, papoula, safira
 estrela, mirra, almiscareiro, casadinhos, bolo de casamento.
Vaca, cuco, pavão.
Suas cores: Dourado, Branco e Prateado.

Esta é a Deusa Hera Patriarcal. Mas antes de patriarcado, a Deusa Hera, não tinha uma contraparte masculina, o poderoso Deus Zeus. Ela era dona da Lábrys ( machado com fios duplos), dos raios, ventos e trovões e não era ciumenta. Porém, depois a colocaram como ciumenta e possessiva. 
Sendo assim, a TAP/ EAM reconsidera e celebra a Deusa nesta face e na mais antiga. Celebramos a face mais recente, porém citamos a Deusa em Sua origem. O importante é que Ela existe e É a DEUSA, isso é o que importa! Feliz 2017 da Era Comum!
SS Alana Morgana

TURMAS DE FORMAÇÃO DE BRUXAS ECLÉTICAS 2018