quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

HERA, a Deusa Rainha - Janeiro de 2017



Felizmente as festas de final de ano, encerraram, principalmente em um país em crise como o Brasil.
Mas como uma boa pagã e wiccana, celebrei a DEUSA HERA que o mês de JANEIRO é Dela. Foi uma celebração da TAP- Tradição Athena Pronaia em parceria com a EAM. Isto fortalece a Antiga Religião, pois os que são estudantes de Bruxaria Eclética e Ocultismo, conhece e prestigia esta Deusa tão poderosa com seus epítetos. São eles: Agreie (de Argos), Akraia (das Alturas), Boophis (Olho de Vaca), Gamelia (do Casamento), Khera (a Viúva), Lakinia, Leukolenos (Armada de Branco), Limenia, Nympheuomene (Conduzida como Noiva), Pais (Donzela), Parthenos (Virgem), Teleia (Realizadora), Zygia (A que Une).

Cada epíteto é uma força da Deusa e podemos nos aliar à Ela com cada um deles. Suas ofertas são: 
Pena de pavão, cetro, coroa, alianças.
Ervas aromáticas; salgueiro, penas de pavão, papoula, safira
 estrela, mirra, almiscareiro, casadinhos, bolo de casamento.
Vaca, cuco, pavão.
Suas cores: Dourado, Branco e Prateado.

Esta é a Deusa Hera Patriarcal. Mas antes de patriarcado, a Deusa Hera, não tinha uma contraparte masculina, o poderoso Deus Zeus. Ela era dona da Lábrys ( machado com fios duplos), dos raios, ventos e trovões e não era ciumenta. Porém, depois a colocaram como ciumenta e possessiva. 
Sendo assim, a TAP/ EAM reconsidera e celebra a Deusa nesta face e na mais antiga. Celebramos a face mais recente, porém citamos a Deusa em Sua origem. O importante é que Ela existe e É a DEUSA, isso é o que importa! Feliz 2017 da Era Comum!
SS Alana Morgana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TURMAS DE FORMAÇÃO DE BRUXAS ECLÉTICAS 2018